quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?

“...E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia de água.  E ele estava na popa dormindo sobre uma almofada e despertaram-no dizendo-lhe:  Mestre, não te importa que pereçamos?  
E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar:  cala-te, aquieta-te.  E o vento se aquietou, e houve grande bonança.  E disse-lhes:  Por que sois tão tímidos?  Ainda não tendes fé?  E sentiram um grande temor e diziam uns aos outros:  Mas quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?  Mc 4:35-41

Creio que em um momento de sua vida você já se deparou com esta situação, onde sua embarcação estava prestes a afundar, onde as ondas se levantavam e cada vez mais a água entrava em seu barco.


A primeira atitude do ser humano é clamar por Deus.

Nesta hora, acho que até o ateu diz:  Deus me ajude!

Jesus  nesta situação dormia na popa do barco e fora acordado por seus discípulos que perguntaram:
Não te importa que pereçamos?
Ele, se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: aquieta-te, acalma-te.
Imediatamente o vento aquietou-se e houve grande bonança!!

Os discípulos não tinham ainda um relacionamento profundo com Cristo, foram escolhidos para serem discípulos, pouco tempo atrás.(Mc 3:14)

Por conta das limitações humana quando enfrentamos grandes problemas como este dos discípulos, estando quase a ponto de perder as suas vidas, às vezes, não conseguimos enxergar que a solução do problema está ali bem pertinho.


Olhamos para a força das ondas e deixamos de olhar para o nosso salvador pensando que ele   está dormindo e que além de tudo seus ouvidos estão agravados.

É SÓ CLAMAR! Que no tempo certo Ele acalmará a tempestade na sua vida.
Jesus trouxe à vida daqueles que estavam com ele, um tempo de paz!
Mas a pergunta feita pelos discípulos que mais me chama a atenção é:

Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem? 
Eles não sabiam quem estava com eles e o que Ele era capaz de fazer.
Jesus era muito mais do que um simples homem mortal, era o Deus Todo Poderoso que tinha o controle de toda a Terra e de qualquer situação adversa.

Com o passar do tempo os discípulos foram conhecendo mais este Jesus maravilhoso e eles mesmos puderam responder a pergunta que fizeram em um momento difícil de suas vidas. Depois de uma longa trajetória vivida ao lado de Jesus o Mestre pergunta a um dos seus:


."Quem dizem os homens (a multidão) ser o Filho do homem?
E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas" (Mateus 16:13-14)

Veja a diferença entre a multidão que andava com Jesus e os que tinham intimidade com Jesus.

15 "Disse-lhes ele: E vós, quem dizeis que eu sou?
16 E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo"

A resposta de Jesus foi imediata!

Mateus 16:17 "...Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus". 

É preciso ter uma revelação para saber quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem.

Verdadeiramente ele é o Filho de Deus!


Nenhum comentário:

Postar um comentário